• Zapex Logística

Cubagem: Como Calcular e qual a importância

Quantas vezes você já se deparou com a seguinte dúvida: “Qual o valor da cubagem?”

Se você não conseguiu responder e não compreende ainda o significado por trás disso vamos trazer abaixo a importância e como calcular o fator cubagem na hora de montar o seu sistema de cobrança de frete e entregas


1. Cubagem: entenda o que é

Palavra relacionada ao cubo, a cubagem é uma lei da física em que o volume de um objeto é constatado por meio da fórmula comprimento x altura x largura. A cubagem indica o volume que uma determinada carga terá dentro do caminhão, exemplificando:

  • se uma caixa tem 5 metros de altura, 3 m de largura e 2 m de comprimento;

  • seguindo a fórmula, temos 2,00 m x 5,00 m x 3 m = 30 m³;

  • dessa maneira, 30 m³ é o volume da mercadoria e a superfície total que ocupará em um caminhão.

O cálculo de cubagem rodoviário, no caso, é usado para determinar a relação de peso da mercadoria embalada com o espaço que preencherá no caminhão. Por isso, é considerado o fator de cubagem, que você verá a seguir, juntamente ao volume e peso cubado.


2. Fator de cubagem


É outra fórmula para mostrar a relação entre peso e volume de uma carga. O valor é um metro cúbico (1 m³) do espaço da carroceria do caminhão que levará a mercadoria. Cada modal tem cargas e capacidades distintas, sendo o fator base:


Aéreo: 166,7 kg;

Marítimo: 1.000 kg;

Rodoviário: 300 kg.


A cubagem da carga é representada pela fórmula peso kg / volume m³.


3. Peso cubado


O peso cubado indica o espaço que é realmente ocupado pela carga dentro do veículo. Esse valor é alcançado por meio de uma fórmula que envolve o comprimento, a largura e altura da embalagem, além do fator de cubagem que a transportadora informa.


Sendo assim, o peso cubado pode ser encontrado usando a seguinte fórmula:


Comprimento x Largura x Altura x Fator de cubagem


4. Qual a importância da cubagem para o negócio?


A cubagem é fundamental para identificar qual a capacidade de carga disponível em um veículo e, ao mesmo tempo, quais são suas limitações em peso e volume.


Essa informação é essencial para que se consiga consolidar todos os envios da forma mais eficiente possível, equilibrando o peso bruto com o espaço físico — e evitando as situações explicadas anteriormente, principalmente a ociosidade do veículo, o que gera aumento dos custos operacionais.


Sendo assim, pode-se dizer que essa métrica é fundamental para planejar o transporte da melhor forma possível.


Gostou desse conteúdo? Continue seguindo nossas páginas e nossas publicações para aprender mais sobre logística, frete e entrega.


27 visualizações0 comentário